O que oferecer quando você sente que não tem nada?

tumblr_omrc9ufMev1tvmgrho1_1280

Estou certa de que muitos de nós estão familiarizados com os tempos que são financeiramente apertados, momentos em que temos de tomar decisões difíceis sobre com o que gastar o nosso dinheiro. Nessas ocasiões, podemos sentir o peso da necessidade de honrar os nossos deuses com oferendas, ao mesmo tempo sentindo que não podemos nos dar ao luxo de gastar dinheiro de comida, aquecimento ou de médicos, mas temendo o seu desagrado se não o fizermos.

Talvez primeiro vale a pena mencionar por que fazemos oferendas. Fazemos oferendas aos nossos Deuses como uma honra, como um sinal de nosso amor e respeito por eles. Podemos fazer oferendas por causa de algo que desejamos receber em troca. Fazemos oferendas para fortalecer nossa conexão com eles e manter sua presença em nossas vidas. Recentemente ouvi Morpheus Ravenna explicar isso muito bem, se pensarmos em nosso relacionamento com nossos Deuses como sendo como uma amizade, se nos esquecemos de ficar em contato com nossos amigos, se não conseguimos honrar ou manter a amizade, o amigo não desaparece, mas a amizade murchará.

Felizmente oferendas não têm que custar nada, há muito que você pode oferecer que é absolutamente gratuito e em alguns aspectos, pode ser melhor recebido do que objetos comprados. A chave de tudo isso é a intenção com a qual ela (A oferenda) é feita. Que a oferenda é feita com foco ativo e de consagração em nome da divindade para a qual se destina.

Estão aqui algumas sugestões para você, e que talvez incitarão algumas outras idéias próprias:

Oração

A oração tornou-se quase uma palavra suja para alguns pagãos por causa da sua associação com a prática cristã. Mas falávamos em contemplação tranquila e foco em nossos Deuses muito antes dos sacerdotes cristãos terem qualquer palavra sobre isso. Fale com seu(s) Deus(es), fale do seu coração, honre-os, mostre gratidão por Sua presença em sua vida. Às vezes oramos porque precisamos de algo, mas também pode ser um simples ato de devoção. Se você não tem certeza do que dizer, há orações disponíveis on-line e em livros que são perfeitamente aceitáveis ​​para usar com a intenção e atitude corretas. Com o tempo você pode encontrar suas próprias palavras e voz para oferecer.

História, música e canto 

Dizer os contos e histórias de nossos Deuses é como mantê-los vivos no mundo, mesmo que seja apenas entre nós e Eles. Mas se você puder, conte a outras pessoas Suas histórias, diga a seus amigos e familiares, diga a seus filhos ou se você encontrar a oportunidade certa, diga a eles para sua comunidade.

Cante para seus Deuses e não se preocupe se você acha que não tem voz para cantar. Canção é oração carregada em voz e respiração. Canções simples são tão eficazes quanto as canções de muitos versos e não importa se você aprende as palavras por memorização, use um livro e cante com intenção e coração.

Faça música, se você toca um instrumento toque para Eles, componha para Eles, ou se você tem um tambor, toque o tambor  para eles, a batida do tambor é carregada para o Outro Mundo.

Canção e história nos conectam com nossos antepassados ​​que teriam feito o mesmo, compartilhando com suas famílias, tribos e comunidades. Desta forma, fortalecemos as linhas ancestrais atrás de nós e diante de nós.

Atitudes, serviços

Há tantas atitudes que poderia se tornar uma longa lista, mas vou mencionar dois realmente fortes que, na minha experiência, os Deuses realmente apreciam. Voluntariado em sua comunidade e a limpeza de lugares sagrados ou naturais.

Você pode poupar um pouco de tempo em sua semana para aqueles em necessidade? Se é para um vizinho idoso em sua comunidade, uma mãe jovem esforçando-se com seus filhos ou tempo doado a uma instituição de caridade em uma área que importa para você. Desta vez, esses atos são uma maneira de mostrar que sua tribo, sua comunidade importa e, como tal, você honra o(s) Deus(es) que cuida de você e deles. Pense no que seus deuses particulares representam e alinhe seus atos com isso.

É uma coisa contínua e enlouquecedora para muitos pagãos encontrar locais naturais ou sagrados cobertos de lixo, a coisa mais triste é que às vezes são pagãos que fizeram isso ao local! Nenhum de nós deveria deixar lixo na terra e se nos depararmos com isso, limpar é um forte ato de honra, uma forma de mostrar que nossas terras são importantes. Eu o encorajo a levar um saco com você onde quer que vá para que você possa fazer isso. Também pense antes de deixar um item em um espaço sagrado, é melhor deixar uma oferta não-física em um local sagrado do que um item que pode causar danos. Mesmo itens que podem biodegradar não são necessariamente ok, as coisas não biodegradam em locais como cavernas e itens ligados a árvores e plantas podem sufocá-los e limitar sua capacidade de crescer.

Estudo e Aprendizagem

Dediquem algum aprendizado ou estudo a seus Deuses. Poderia literalmente ser o estudo deles e suas histórias, conhecer o máximo que puderem deles. Ou pode dedicar os estudo  colegiais ou universitários, ou de formação para o seu trabalho. Dedique o crescimento do seu conhecimento a Eles, seus esforços para ser capaz de fazer mais por si mesmo e sua comunidade.

Treinamento físico

Isso pode não ser certo ou apropriado para todos, mas muitos Deuses acolhem com prazer dedicados fisicamente fortes e esportivos. Faça do seu treinamento físico uma oferenda, seus regimes, assumir uma arte de luta em Seu(s) nome(s). Faça do seu corpo a sua oferenda para Eles.

Há, naturalmente, muitas maneiras de fazer oferendas aos nossos Deuses e coisas diferentes serão apropriadas em momentos diferentes em nossas vidas e nossas práticas espirituais. Estas são apenas algumas ideias que podem ajudá-lo quando você sente que não tem nada para dar. Dê somente o que você realmente pode, não se machuque para fazer uma oferenda. Melhor fazer uma promessa de uma oferenda no futuro e cantar-lhes uma canção no momento.

Texto por Awen Clement – Maio de 2017

* Alguns dos pensamentos neste artigo surgiram por participar das aulas: “Polytheist Devotional Practice” com Morpheus Ravenna do Coru Cathubodua , com gradecimentos a ela por seu ensino. *

18077426_10154990501927819_2378815932490840403_o 

Awen é uma sacerdotisa do Morrigan que vive e trabalha no West Midlands do Reino Unido. Ela está liderando o Call of the Morrigan Retiro de 2017 – Vigília da Rainha no oeste do País de Gales, em setembro.

Anúncios
Esse post foi publicado em Paganismo, prática e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s